blueprint.png

Cunha

ENGENHARIA ELÉTRICA

PROJETOS

ENERGIA FOTOVOLTAICA

Podemos dizer que uma fonte de energia renovável é aquela que não se esgota, sendo utilizada continuamente porque sempre se renovam. Por exemplo: energia solar, hidrelétrica, eólica, oceânica, geotérmica e a biomassa.

As fontes de energia não-renováveis são aquelas nas quais se esgotam com o passar do tempo, não sendo possível renová-las. Por exemplo: petróleo, carvão, gás natural e minerais para energia nuclear.

 

É possível gerar eletricidade a partir da radiação solar (luz), porque painéis com efeito fotovoltaico, funcionam por meio de células de silício, ativando os elétrons do material semicondutor, e convertendo a energia solar em corrente elétrica. Então, a energia elétrica é processada em dispositivos controladores e conversores, que se incumbem do armazenamento em baterias ou da conexão com a rede de eletricidade. Esse tipo de empreendimento feito pelas pessoas ou comércios, é chamado de Geração Distribuída ou micro-geração.

Os sistemas de energia fotovoltaica podem ser Autônomos e Conectados à Rede de Eletricidade.

Sistemas Autônomos também são conhecidos como off/grid (sistemas isolados), e são utilizados em locais não atendidos por uma rede de energia elétrica, como por exemplo zonas rurais, sítios, chácaras e fazendas. Podem ser usados para o fornecimento de energia para máquinas, veículos, sistemas de iluminação, radares, dentre outras aplicações. Este sistema é composto por um painel fotovoltaico, um controlador de carga, um inversor de tensão e uma bateria. (SEBRAE, 2016)

Os sistemas on/grid (conectados à rede de energia) ou micro-geração, operando em paralelo à concessionária, geram eletricidade, que pode atender o consumo desde residências até empresas e, em geral, são instalados nos telhados das edificações, solo e em coberturas de estacionamentos de veículos, por exemplo. Constituem-se por painel solar, inversor de corrente elétrica, fios, quadro elétrico e medidor de energia.

O principal objetivo de uma instalação fotovoltaica é conseguir a máxima produção de energia elétrica. Denomina-se sistema solar fotovoltaico toda instalação destinada a converter radiação solar em energia elétrica.

Benefícios pela utilização da energia solar:

  • Custos de transmissão e distribuição reduzidos pela possibilidade de sistemas ligados diretamente no local de consumo;

  • Aumento da confiabilidade do suprimento de eletricidade pela geração descentralizada;

  • Maior eficiência energética com controle tecnológico de consumo e fluxo de energia;

  • Desenvolvimento tecnológico e produtivo, e geração de empregos;

  • Cada m² de coletor solar instalado para o aquecimento de água por um ano, equivale a 56 m² de áreas inundadas para geração hidrelétrica;

  • Diversificação da matriz energética.