blueprint.png

Cunha

ENGENHARIA ELÉTRICA

PROJETOS

SISTEMA DE PROTEÇÃO CONTRA DESCARGAS ATMOSFÉRICAS

Não há dispositivos ou métodos capazes de modificar os fenômenos climáticos naturais a ponto de se prevenir a ocorrência de descargas atmosféricas. As descargas atmosféricas que atingem estruturas (ou linhas elétricas e tubulações metálicas que adentram nas estruturas) ou que atingem a terra em suas proximidades são perigosas às pessoas, às próprias estruturas, seus contéudos e instalações. Portanto, medidas de proteção contra descargas atmosféricas devem ser consideradas. (NBR-5419-1)

Descarga atmosférica é definida como sendo uma descarga elétrica de origem atmosférica entre nuvem e terra, consistindo de uma ou mais componentes da descarga atmosférica.

 

O Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA) é o sistema utilizado para reduzir danos físicos devido às descargas atmosféricas em uma estrutura, constituindo-se por sistemas internos e externos de proteção contra as descargas elétricas.

SPDA interno: ligações equipotenciais e isolação elétrica do sistema externo.

SPDA externo: subsistemas de captação, descida e aterramento elétrico. [hastes, condutores em malha ou cabos em catenaria, projetados e posicionados para interceptarem descargas atmosfericas]

A norma técnica que rege o SPDA é a ABNT NBR-5419, na qual é composta por 4 partes:

parte 1: princípios gerais

parte 2: gerenciamento de risco

parte 3: danos físicos a estrutura e perigos a vida

parte 4: sistemas elétricos e eletrônicos internos na estrutura